PERFIL DO DEPUTADO

Dep. Carlos Aníbal
DADOS PESSOAIS

Nome: Carlos Aníbal Brandão Correia

Profissão: Advogado

Nascimento: 02/06/1922, Cachoeira-BA

Falecimento: 24/09/2010

Filiação: Antônio Joaquim Correia e Maria Inês Brandão Correia

Sexo: Masculino

Cônjuge: Yolanda Chaves Gordilho (1º casamento), Nelice Dias Costa, (2º casamento),Regina Maria Rebouças Correia (3º casamento)

Filhos: Anibal, Paulo Mário e José Carlos

Constituinte: Sim

Formação Educacional Cursou o Primário no Colégio Santíssimo Sacramento, Cachoeira, e o Secundário no Colégio Santanópolis, Feira de Santana-BA. Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Bahia, 1945, Salvador-BA.
Atividade Profissional Identificador do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio, 1939; repórter do jornal Estado da Bahia, 1940; repórter do Diário de Notícias, 1941; funcionário da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, 1941-1947; advogado do Sindicato de Fumageiros em Cachoeira; diretor da Escola Superior de Estatística, 1954-1958; professor de Elementos de Economia e Finanças, 1956 e diretor da Escola Técnica M.A. Teixeira de Freitas; fundador dos cursos Técnicos de Administração, Secretariado e Contabilidade; membro da Associação Brasileira de Escolas da Bahia, 1954; presidente do Tribunal Regional de Justiça Desportiva, 1955-1956; professor de Administração da Escola M.A. Teixeira de Freitas, 1956-1970; nomeado conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, 1955; presidente do Tribunal de Contas do Estado, 1960; secretário de Governo de Estado, do governo de Antonio Balbino de Carvalho, 1955; presidente da Associação Rural de Camaçari-BA, 1957; fundador e presidente da Bahia Frutos S.A. - Centro Industrial de Aratu, 1966-1969; presidente do Conselho de Administração da Bahia Frutos S.A., 1970-1974; fundador e diretor da Tecflio Norte S.A., 1970-1972; membro do Conselho de Fiscal da Associação Rural da Bahia, 1959; membro do Conselho de Educação, 1974-1978.
Mandato Eletivo Eleito deputado estadual Constituinte pelo Partido Trabalhista Brasileiro-PTB, 1947-1951, reeleito PTB, 1951-1955 e 1955-1959, renunciou em agosto de 1955.
Atividade Parlamentar Na Assembléia Legislativa, 1º Secretário da Mesa Diretora (1952); presidente da Comissão de Saúde Pública e Assistência Social (1950), vice-presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Contas (1951, 1953), titular das Comissões: Viação e Obras Publicas (1947), Educação, Cultura e Arte (1948), Finanças, Orçamento e Contas (1949, 1954), Constituição e Justiça (1950), Redação de Leis e Resoluções (1951); suplente das Comissões: Educação, Cultura e Arte (1949-1950), Polícia Civil e Militar (1949-1950).
Condecorações Honra ao Mérito do Conselho Estadual de Educação; Medalha de Honra Ruy Barbosa do Tribunal de Contas.
Obras e Trabalhos Influência do pós-guerra no Comércio Internacional, Prêmio Anfilófio de Carvalho, do Centro Acadêmico Ruy Barbosa da Faculdade de Direito; Crise Parcial na Indústria Fumageira; Sugestões para um esquema de Produção da Lavoura Fumageira, tese aprovada pela 1ª Conferência Nacional das classes produtores; Esta Terra tem Dono, defesa do monopólio estatal do petróleo; Economia e Finanças - Aspectos das suas relações; A Heróica - razões de 25 de junho de 1822; Moralização e Desenvolvimento, TCE.
Missões Oficiais Representante da Federação da Agricultura no 1º Congresso Nacional das Classes Produtoras, Araxá-MG; Congresso Internacional dos Tribunais de Contas, 1960, Rio da Janeiro-RJ; vice-presidente do 1º Congresso Nacional dos Tribunais de Contas, 1961, Porto Alegre-RS; presidente do 2º Congresso Nacional dos Tribunais de Contas, 1962, Fortaleza-CE.
Compartilhar: