Quinta-feira , 24 de Setembro de 2020

MÍDIA CENTER

Representantes da Justiça visitam AL

Publicado em: 03/08/2005 11:23
Setor responsável: Diário Oficial

 

O presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (Amab), Rolemberg Costa, visitou ontem a Assembléia Legislativa, onde foi recebido pelo presidente da Casa, deputado Clóvis Ferraz (PFL), em seu gabinete. Costa convidou o presidente a compor a mesa de abertura do ciclo de palestras que marcará o Dia do Magistrado, na próxima segunda-feira, às 20h, no Fiesta Bahia Hotel.

Segundo o presidente da Amab, no encontro serão discutidos temas de interesse da magistratura, como os critérios para promoção por merecimento que hoje não são delineados com clareza, o papel do juiz como pacificador social e as relações entre a mídia, a ética e a Justiça. Outro assunto apontado foi a valorização do magistrado de 1o grau e a efetivida-de das suas decisões.

Para Rolemberg Costa, o número permitido de recursos nas decisões da Justiça é interminável. "Um bom advogado processualista, se quiser, não deixa o processo terminar nunca. São mais discutidos os caminhos processuais do que o direito material em si", observou. Clóvis Ferraz agradeceu o convite, reiterando que essas discussões são importantes para o aperfeiçoamento da Justiça e uma melhor prestação de serviços à população. Participou ainda do encontro o diretor da Amab, Alcir Santos.

CORREGEDOR

Também o corregedor regional eleitoral da Bahia, juiz José Marques Pedreira, fez visita ontem ao Legislativo baiano e foi recebido na presidência da Casa por Clóvis Ferraz. O objetivo foi também convidar Ferraz para representar a Assembléia Legislativa da Bahia em outro evento, desta vez a XII Reunião do Colégio de Corregedores da Justiça Eleitoral, que acontece amanhã, às 9h, no salão Gregório de Matos do Pestana Bahia Hotel.

O presidente agradeceu o convite, dizendo-se honrado em representar os parlamentares baianos no evento. Durante o encontro, que durou cerca de 20 minutos, foram abordadas as mudanças que podem vir a ocorrer com a reforma política, assunto que vem sendo discutido no Congresso Nacional.

Foram comentados temas como fidelidade partidária, financiamento de campanha, a cláusula de barreira, verticalização e listas de candidatos. Segundo Ferraz, os temas são im-portantes e precisam ser resolvidos da melhor maneira possível e de forma permanente. "A reforma política é necessária, mas não pode ser feita de afogadilho. É preciso uma grande discussão sobre o assunto", alertou o presidente da AL.



Compartilhar: