MÍDIA CENTER

José de Arimateia registra o centenário de Guanambi

Publicado em: 14/08/2019 17:17
Setor responsável: Notícia

Divulgação/AgênciaALBA
O município de Guanambi completou 100 anos de emancipação política e administrativa nesta quarta-feira (14). A passagem da data foi destacada na Assembleia Legislativa  da Bahia (ALBA) pelo deputado José de Arimateia (PRB), que protocolou uma moção de congratulações na Mesa Diretora da Casa.

Na moção, o legislador lembra as origens da localidade. "Criado com o nome de Bela Flor, através da Lei Provincial de nº 1.797, de 23 de junho de 1880, o então distrito de Paz pertencia às terras do município de Palmas de Monte Alto. Contam os mais antigos que apesar de o nome oficial de Bela Flor, que seria o nome da primeira moradora das terras onde se localiza o município, o local era chamado pelos populares de Beija-Flor, e assim ficou denominado por muitos anos, até o atual topônimo de Guanambi", descreveu 

Arimateia também ressalta que o município é protagonista administrativo e comercial do Território de Identidade do Sertão Produtivo e de parte do Território de Identidade do Velho Chico, com população estimada em 2018 em 84.014 habitantes. "Guanambi estabelece influência comercial e de infraestrutura para uma área de aproximadamente 400 mil habitantes. Abriga, ao lado de Caetité e Igaporã, o maior complexo eólico da América Latina", lembrou o legislador.
O parlamentar argumenta na moção que Guanambi  ganhou  lugar de  destaque  na educação, a partir do final da década de 90, quando o Ministério da Educação aprovou diversos cursos superiores para o município. "Assim, a cidade tem despertado de forma crescente o interesse de estudantes de diversos lugares do país", afirmou. 


Compartilhar: