Sexta-feira , 15 de Novembro de 2019

MÍDIA CENTER

Nelson Leal prestigia homenagem à desembargadora Maria da Graça Pimentel

Publicado em: 07/11/2019 21:58
Setor responsável: Notícia

JulianaAndrade/AgênciaALBA
O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Nelson Leal (PP), prestigiou a solenidade de entrega do Título de Cidadã Soteropolitana à desembargadora Maria da Graça Osório Pimentel Leal, ocorrida na Câmara de Vereadores de Salvador, na tarde desta quinta-feira (7). A homenagem foi proposta pelo vereador Luiz Carlos de Souza (Republicanos). 

A homenageada adentrou o Plenário Cosme de Farias ladeada filha e sobrinha Carla Janaína, e do sobrinho deputado Nelson Leal. O presidente da ALBA destacou a carreira profissional da magistrada, que ocupa o posto de 2ª vice-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

“É um dia muito especial. Hoje, a desembargadora Maria da Graça Osório, de quem tenho a honra de ser sobrinho, é homenageada com Título de Cidadã Soteropolitana por ser uma magistrada extremamente correta em sua área de atuação. Ela tem feito da magistratura um verdadeiro sacerdócio. Acho que é uma justa homenagem que a Câmara e a cidade de Salvador estão prestando a esta grande mulher”, considerou o chefe da ALBA.

Maria da Graça nasceu em Livramento de Nossa Senhora, mas chegou a Salvador quando ainda tinha 14 anos de idade. A magistrada disse ter sempre amado a capital baiana, cidade que a acolheu.

“O sentimento hoje é de plena felicidade e uma enorme gratidão. Isso me faz voltar no tempo, na minha história. Eu, que nasci no povoado de Barrinha, em Livramento de Nossa Senhora, onde por companhia, à noite, tínhamos as estrelas. Meus amigos eram todos aqueles que moravam no povoado. Fui criada em total liberdade, indo para as casas de farinha, para os engenhos, subindo em árvores. E tive como babá uma cachorrinha chamada tabaroa. Hoje, sair daquele sertão, aquele lugar maravilhoso, e estar aqui recebendo esse título de cidadã, é uma emoção incomensurável”, narrou a desembargadora.

A deputada Ivana Bastos (PSD), 2ª vice-presidente da ALBA, também esteve na solenidade para parabenizar a magistrada pela homenagem recebida. “É um reconhecimento pelo trabalho feito por Salvador. É sinônimo de muita alegria. A terra que você nasce, você não escolhe. Mas a terra em que você vive, escolher a cidade em que você vive é uma dádiva de Deus”.

O vereador Luiz Carlos explicou o motivo de ter proposto a homenagem à magistrada. “Reconhecer é motivar. O trabalho que a desembargadora fez e vem fazendo ao longa da sua trajetória, ajudando as pessoas fazendo Justiça, já é um motivo mais que merecido para receber esse título”, frisou. 

Geraldo Júnior (SD), presidente da Câmara de Salvador, também falou do ato que deu o título à desembargadora livramentense. “É um título que enobrece a nossa Casa, a nossa cidade, e é entregue pelos relevantes serviços prestados pela homenageada em especial na cidade de Salvador. É um ser humano que dignifica a nossa magistratura. Nada mais justo que a entrega dessa homenagem por essa Casa como forma de reconhecimento”.

Também integraram a mesa da solenidade autoridades como o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis; o desembargador José Olegário Monção Caldas, que representou o Tribunal de Justiça baiano; o vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), José Edivaldo Rotondano; a presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (Amab), Élbia Araújo; e o diretor da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), Nelson José de Carvalho.


Compartilhar: