Quarta-feira , 11 de Dezembro de 2019

MÍDIA CENTER

Primeiro Parlamento Feminista do Brasil será realizado na Bahia

Publicado em: 29/11/2019 19:23
Setor responsável: Notícia

Divulgação/AgênciaALBA
A Comissão dos Direitos da Mulher do Legislativo baiano, em parceria com o Ella - Encontro Latinoamericano de Mulheres, realizará, dia 5 de dezembro, o primeiro Parlamento Feminista do Brasil. O encontro reunirá deputadas, prefeitas, vereadoras e mulheres representantes dos movimentos sociais na Assembleia Legislativa da Bahia. A atividade ocorrerá, das 9h às 17h, e tem inscrições limitadas através do link https://forms.gle/hy2wEnWW8f4d6zhF8.

Segundo a presidente do colegiado, deputada Olívia Santana (PC do B), a proposta é inspirada na experiência do Parlamento Feminista, que foi realizado, em 2018, na cidade de La Plata, Argentina, como parte das atividades da 4ª edição do Ella – Encontro Latino Americano de Feminismos. Sua expectativa é que a versão baiana possa também alcançar as mulheres das prefeituras, câmaras municipais e movimentos sociais.
"O Parlamento Feminista tem a finalidade de estimular uma maior participação das mulheres nos espaços de poder de decisão política, pensar estratégias e ações para o empoderamento feminino, trocar experiências de mandatos dos mais diversos, além de compartilhar iniciativas, ações e projetos exitosos nas diversas áreas sociais", definiu Olívia.

Durante o evento, haverá debates sobre as cotas de 30% de gênero, políticas de financiamento de candidaturas de mulheres, além da elaboração de manifesto intitulado 'Mulheres nos Espaços de Poder: Cotas de Gênero, Financiamento e Mecanismos para a Promoção de Quadros Femininos na Política'.

A parlamentar acrescenta ainda que o encontro será realizado numa perspectiva humanista, "livre de preconceitos, feminista, antirracista e diverso, na luta por uma sociedade mais justa e igualitária, por uma cultura de paz e respeito às diferenças". 

O Parlamento Feminista conta com o apoio do Governo do Estado, através das secretarias de Políticas para as Mulheres, Promoção da Igualdade Racial e do Turismo.



Compartilhar: