MÍDIA CENTER

Zé Cocá se congratula com os munícipes de Lafaiete Coutinho

Publicado em: 27/02/2020 19:51
Setor responsável: Notícia

Divulgação/AgênciaALBA
No último dia 20 de fevereiro, o município de Lafaiete Coutinho completou 58 anos de emancipação política e administrativa. Ex-prefeito da cidade, o deputado Zé Cocá (PP) homenageou os munícipes com uma moção de congratulações na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).

No documento, o parlamentar lembra que a história de Lafaiete Coutinho remonta ao início do século XIX, quando o atual território, habitado primitivamente pelos índios maracás, passou a ser procurado por causa dos terrenos férteis para agricultura. "Desbravadores, como Torquato Almeida, Felipe Abade, Noel Alves, os Barretos, os Andrades, os Leôncio e os Lala, ali se estabeleceram desenvolvendo a agropecuária e formando o arraial Três Morros, com parte de territórios dos distritos de Lajedo do Tabocal e de Maracás", narra o deputado.

Devido ao povo festeiro, a cidade antes era conhecida como Baixa Alegre, onde era comum a profusão de festas como a do Reisado, a do padroeiro São Roque, as de São João e vários bailes, inclusive atraindo moradores das localidades vizinhas. O nome foi alterado para Vila dos Três Morros, devido à sua situação geográfica. Logo depois, foi desmembrada de Maracás, emancipando-se politicamente em 20 de fevereiro de 1962, na gestão do governador Juracy Magalhães.

"Seu topônimo é uma homenagem ao médico paraibano radicado desde os tempos de estudante de medicina, em Salvador, e depois professor catedrático da Faculdade de Medicina da Bahia, Lafayette Coutinho de Albuquerque, nascido em 12 de dezembro de 1906, que foi, dentre outras funções públicas, secretário de Agricultura e secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia", recordou o parlamentar em sua moção.


Compartilhar: