Segunda-feira , 06 de Julho de 2020

MÍDIA CENTER

Nelson Leal lamenta mais uma perda durante pandemia da Covid-19: a do ex-deputado Félix Mendonça

Publicado em: 27/06/2020 07:53
Setor responsável: Notícia

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, voltou a decretar, nesta sexta-feira (26.06), mais três dias de luto pelo falecimento do ex-deputado e empresário da construção civil Félix Mendonça, que partiu para o outro lado do Caminho esta noite, aos 92 anos, no Hospital Aliança, em Salvador, resultante de complicações decorrentes da Covid-19. Mendonça exerceu o mandato de deputado estadual, na Assembleia Legislativa da Bahia, entre 1967 e 1971. Foi também prefeito de Itabuna e deputado federal por sete mandatos, entre 1983 e 2011.


“Estendo minha solidariedade e meu abraço de conforto à esposa, Maria Helena, e aos seus filhos Andrea, Cristiana e Félix Jr., especialmente a este último, meu caríssimo e nobre amigo. Tive o privilégio de desfrutar do bom humor e da inteligência do deputado Félix Mendonça, um dos meus mentores nos meus primeiros anos de política, e que encaixou sete mandatos consecutivos na Câmara Federal, em Brasília, porque era obstinado e competente naquilo que fazia”, destaca Leal, na Moção de Pesar que está encaminhando à Mesa Diretora da ALBA.   


Formado, em 1955, em Engenharia Civil, pela Universidade Federal da Bahia, Félix de Almeida Mendonça nasceu em Conceição do Almeida, no Recôncavo Baiano, em 23 de março de 1928, filho de Manuel Gomes de Mendonça e de Maria da Anunciação Almeida Mendonça. Teve destacada atuação na vida pública, como parlamentar, e na vida civil, como empresário da construção civil e um dos fundadores do jornal Correio da Bahia. Iniciou sua vida política filiando-se primeiramente ao Partido Trabalhista Nacional (PTN) e logo em seguida à União Democrática Nacional (UDN). Foi secretário de Obras Públicas de Itabuna entre 1961 e 1962, elegendo-se prefeito deste município em outubro de 1962.



Compartilhar: