MÍDIA CENTER

Bancada do PT diz que ex-secretário lutou pela democratização da educação

Publicado em: 06/08/2020 23:11
Setor responsável: Notícia

Os deputados que compõem a Bancada Estadual do Partido dos Trabalhadores manifestaram pesar pelo falecimento do educador Jorge Portugal, ocorrido no último dia 3 de agosto, em Salvador. Na moção apresentada na Assembleia Legislativa, os petistas destacam a trajetória do professor, que nasceu no dia 5 de agosto de 1956, em Santo Amaro, no Recôncavo baiano, e formou-se em Letras pela Universidade Federal da Bahia. 

 

No campo da música, relatam os parlamentares, Jorge Portugal foi autor, em parceria com Raimundo Sodré, da canção popular "A Massa". Em conjunto com Roberto Mendes, escreveu as composições "Só se vê na Bahia" e "A Beira e o Mar", imortalizada na voz da cantora e conterrânea Maria Bethânia.  

 

No documento, a bancada do PT diz que o letrista e poeta também atuou na área de comunicação, apresentando programas de rádio e televisão, “sempre com temáticas relacionadas à democratização da educação e universalização do ensino para estudantes das escolas públicas”. 

 

Jorge Portugal idealizou projetos educativos e culturais, Tô Sabendo, Circulador Cultural e Manuel Faustino, este último batizado em homenagem a um dos heróis da Revolta dos Búzios, integrando alunos de colégios públicos a cursinhos pré-vestibulares da rede privada de ensino. 

 

Os legisladores também elogiaram a passagem do educador à frente da Secretaria estadual de Cultura, “período em que desenvolveu importantes projetos de apoio à cultura popular, à preservação do samba de roda e promoveu o acesso da juventude baiana aos equipamentos e espaços públicos”. Concha Negra e Janela Baiana foram projetos do ex-gestor que celebravam a música e a ancestralidade afro baiana. 

 

“Durante toda a sua vida, Jorge Portugal lutou pela educação da juventude excluída, pela cultura popular e pela música da Bahia. Sua partida enche de vazio o cenário cultural brasileiro, mas seu bom exemplo continuará a iluminar gerações por todo o país”, resume o sentimento da Bancada Estadual do Partido dos Trabalhadores. 

 

Assinam a moção de pesar o líder da bancada do PT, deputado Marcelino Galo Lula, e os outros 9 parlamentares: Fátima Nunes Lula, Neusa Lula Cadore, Osni Cardoso Lula da Silva, Robinson Almeida Lula, Zé Raimundo Lula, Jacó Lula da Silva, Maria del Carmen Lula, Paulo Rangel Lula da Silva e Rosemberg Pinto Lula da Silva. 




Compartilhar: