Quarta-feira , 06 de Julho de 2022
ESCOLA DO LEGISLATIVO

Escola do Legislativo realiza oficina de composteira doméstica

Publicado em: 14/06/2022 09:49
Editoria: Escola do Legislativo

O encontro ocorreu ontem dia 13, e foi ministrado por servidores do Parlamento.
Foto: AscomALBA/AgênciaALBA
Para celebrar a passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, a Escola do Legislativo, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) promoveu, por meio do Programa de Reciclagem e Educação Socioambiental (Reciclalba), uma oficina de composteira doméstica voltada para servidores da Casa. O encontro ocorreu nesta segunda-feira (13) e foi ministrado por servidores do Parlamento.


O objetivo da oficina foi passar aos servidores noções sobre como dar um destino diferente ao lixo orgânico produzido em casa. Na primeira parte da aula, ministrada pelo servidor Iramir Morais, foi explicada a importância da reutilização do lixo orgânico, bem como a importância da redução do uso de produtos descartáveis, a reutilização de produtos e a reflexão a respeito do uso de itens que não respeitam a sustentabilidade. Na segunda parte, conduzida pela servidora Juliana Melo, os inscritos na oficina aprenderam de forma prática a montar uma composteira doméstica. “Uma atividade como essa é importante nesse contexto do Mês do Meio Ambiente. Nessa oficina, chamamos a atenção para a importância de elementos que ajudam na sustentabilidade. A composteira que ensinamos a fazer dá um fim útil aos resíduos orgânicos. O lixo orgânico que iria para o lixo é transformado em adubo, que pode ser utilizado em hortas, plantas e jardins”, explicou Juliana.



Para Jéssica Freire, gerente do Departamento de Projetos Especiais da Escola do Legislativo, a oficina de composteira doméstica tem o poder de despertar no servidor a consciência de que ele é capaz de se responsabilizar pelo lixo que produz. “E isso pode acontecer no seu dia a dia, com a adoção de pequenos hábitos que podem começar dentro da sua própria casa, em sua cozinha, com a separação do lixo orgânico e reintegração destes resíduos à natureza. Na oficina, o aluno também aprende a reutilizar materiais recicláveis que seriam descartados, dando um novo destino àquilo que seria lixo”, enfatizou a gerente.


Entre os participantes da aula, estava Izabel Macedo Lima, funcionária da ALBA que atua na Presidência. Com muitas plantas em casa, ela viu na composteira uma oportunidade de reaproveitar os resíduos orgânicos e transformá-los em fertilizantes. “Essa é uma novidade que quero muito colocar em prática em casa, pois vai me ajudar no cuidado das plantas e, além disso, estarei reutilizando o que seria lixo”, contou.


Compartilhar: