Terça-feira , 27 de Julho de 2021

MÍDIA CENTER

Mesa Diretoria decide manter ALBA em trabalho remoto até julho

Publicado em: 10/06/2021 08:43
Setor responsável: Notícia

Por unanimidade, os integrantes da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa prorrogaram o sistema de trabalho remoto até o final de julho. Portanto, o retorno do trabalho presencial na ALBA fica adiado para agosto, quando nova avaliação sobre a disseminação da pandemia e sobre as taxas de ocupação de leitos clínicos e UTIs será realizada.

A reunião virtual levou em consideração a orientação do Serviço Médico, que tem uma infectologista como consultora, que aponta a resiliência desses índices e a baixa imunização total da população, pois apesar de pouco mais de 25% dos baianos estarem vacinados com a primeira dose, o quadro de imunizados com as duas aplicações da vacina cai para a metade – cerca de 12%.

A ocorrência de casos de infecção em gabinetes, apesar das restrições para atendimento do público externo, também foram consideradas pelos integrantes do colegiado, pois o atendimento nos gabinetes e os trabalhos nas comissões técnicas, audiências públicas, encontram dificuldades no trabalho remoto. Porém, a produção legislativa do período tem ocorrido com a rapidez e eficiência necessárias.

O presidente Adolfo Menezes ficou satisfeito com o nível do debate na reunião da Mesa Diretora, que evidenciou o empenho de todos em evitar riscos desnecessários para assessores, funcionários, visitantes e para os próprios parlamentares com uma decisão açodada. Para ele, o mais importante é poupar vidas e continuar com o trabalho diuturno de forma virtual até que haja um declínio no número de óbitos, infecções e ocupação hospitalar.

O expediente na Assembleia permanece no regime de turnão das 13h às 18h30, com limite de 30% nos funcionários em trabalho presencial. Nos gabinetes a orientação é para que um mínimo de funcionários, três no máximo, compareçam e o acesso do público externo permanecerá restrito. Todos os funcionários da ALBA com 60 anos ou mais e os portadores de comorbidades trabalharão de forma virtual.

Álcool em gel e álcool 70 estão disponibilizados em totens, dispensers e recipientes dispostos em corredores, banheiros, elevadores, gabinetes e repartições. Tudo com sinalização especial. Internamente os mesmos rígidos protocolos de distanciamento social e proteção aos segmentos mais vulneráveis, como a aferição da temperatura corporal antes do ingresso na Assembleia, continuam em vigor, como exige o combate à disseminação da Covid-19.

Até outra decisão da Mesa Diretora permanecerão fechados os restaurantes e os serviços administrativos não essenciais. O Serviço Médico continuará funcionando em regime de plantão para atendimento de eventuais emergências e o transporte de pessoal igualmente ficará suspenso.



Compartilhar: