MÍDIA CENTER

Luiz Augusto fala do pesar por vereadora

Publicado em: 08/09/2005 07:47
Editoria: Diário Oficial

Augusto: vazio na política e na sociedade
Foto: null
O falecimento da vereadora Nadir de Castro Pinto, de Palmas de Monte Alto, enlutou o deputado Luiz Augusto (sem partido), que registrou o seu sentimento através de moção de pesar que apresentou na Assembléia Legislativa. Ela tinha apenas 42 anos e "deixou um imenso vazio na política e na sociedade de sua terra, em especial nas associações filantrópicas e assistenciais às quais dispensou colaboração em grande parte de sua vida, em particular na zona rural do município", informou o parlamentar.

 Nadir exercia o quarto mandato consecutivo, tendo cadeira cativa na Câmara Municipal pelo PDT entre 1993 e 2005. Seus traços marcantes eram "o valor moral e a grande vontade de ajudar os mais carentes", frisa o deputado, que a chamou na sua manifestação de pesar de "incansável vereadora". Para ele, seu trágico desaparecimento comoveu a população de Palmas de Monte Alto e de toda a região, "onde desfrutava de grande amizade e era conhecida pela dedicação à causa pública, sempre participando de congressos e discutindo os problemas diversos da região".

 Luiz Augusto acrescentou que o seu prematuro desaparecimento provocou muita comoção e deixou uma lacuna em sua comunidade, "pois como ninguém soube cultivar o amor e pela maneira simples de lidar com as pessoas, em particular as necessitadas que contavam com seu apoio direto e constante." A vereadora Nadir de Castro Pinto deixou três filhos, Ana Bárbara, Jair Milton e Ana Beatriz, e o deputado manifestou seus pêsames também ao diretório estadual e municipal do PDT, além da União dos Vereadores da Micro Região de Guanambi, a Câmara de Palmas de Monte Alto e toda a sociedade local.

 

 



Compartilhar: