MÍDIA CENTER

Luciano Simões Filho se congratula com Urandi

Publicado em: 09/10/2021 05:26
Editoria: Notícia

Deputado Luciano Simões Filho (DEM)
Foto: Arquivo/ASCOM

O aniversário de emancipação da cidade de Urandi, que será comemorado nesta terça-feira (12), foi motivo de aplausos do deputado Luciano Simões Filho (DEM), que apresentou moção de congratulações ao município, na Casa Legislativa.

No documento, o parlamentar elencou características do município. Ele lembra que, o topônimo Urandi, segundo registro do professor Gabriel Soares de Sousa em seu livro Notícias do Brasil, tem origem em um pássaro preto muito comum às margens dos rios da região, às vezes chamado hoje guirandi, ao qual os indígenas entretanto chamavam de urandi. Teodoro Sampaio ensina que o nome urandi, em tupi, significa madeira negrecenta. Os primitivos habitantes da região eram os índios acroás.

Luciano destacou que a ocupação do território foi efetuada pelos portugueses que ali chegaram a procura de ouro e pedras preciosas, e se estabeleceram em fazendas. Grande parte da população atual têm origem na miscigenação do português com o negro escravo. As primeiras habitações surgiram por volta de 1812, em um lugar privilegiado entre os rios Cachoeira e Raiz, na fazenda Santa Rita, de propriedade do cidadão português senhor Antônio Fernandes Baleeiro, que ali residia com seu irmão, o senhor José Fernandes Baleeiro e alguns escravos.

Nessa época foi construída ali uma capela em invocação a Santo Antônio. Simões continuou esclarecendo que foi em uma área de cerca 10 hectares , doada ao Santo Padroeiro pelo proprietário da fazenda teve início o povoamento com a construção das primeiras casas. O povoado começou a ser chamado de Duas Barras, em função de sua localização entre dois rios. A fartura de água contribuiu para o desenvolvimento do povoado, principalmente pela agricultura.

Com o passar do tempo a localidade foi crescendo e, em 2 de maio de 1877, pela Lei Provincial nº 1732 foi elevada a freguesia, com o nome de Santa Rita das Duas Barras. Essa designação foi alterada para Santo Antônio de Duas Barras pela Resolução Provincial nº 1962, de 10 de junho de 1880. Pela Lei Estadual nº. 1.276, de 10 de agosto de 1918, Duas Barras foi elevada a vila, com a denominação de Urandi.

São os prédios públicos que chamam a atenção na cidade tais como o Hospital Municipal Padre Antônio Manoel da Rocha (inaugurado em 1994), o Centro Administrativo Municipal (inaugurado em 2001), o Colégio Municipal Luís Eduardo Magalhães (inaugurado em 2002) e o Mercado Municipal Antonino Ezequiel Públio (inaugurado no Natal de 2004). 

Luciano seguiu destacando que sendo uma cidade situada numa região de transição entre as regiões nordeste e sudeste, possui semelhanças com ambas as regiões. Dessa forma, as festas populares mais importantes da cidade vão desde as festas tradicionais locais (aniversário e padroeiro da cidade), regionais (festas típicas da região nordeste como as festas juninas e festas de Reis) dentre outras como o Natal. “Parabenizo o povo de Urandi, que represento, nesta Casa Legislativa”, finalizou Luciano Simões Filho.



Compartilhar: