Terça-feira , 25 de Janeiro de 2022

MÍDIA CENTER

Bobô parabeniza Formiga pela trajetória no futebol brasileiro

Publicado em: 01/12/2021 15:23
Editoria: Notícia

Deputado Bobô (PC do B)
Foto: AscomALBA/AgênciaALBA
O deputado Bobô (PC do B), ex-jogador de futebol e ídolo do Esporte Clube Bahia, apresentou moção de aplausos à jogadora de futebol feminino, Miraildes Maciel Mota, popularmente conhecida como Formiga, pela importante trajetória no futebol brasileiro.  


“Formiga é um grande exemplo de garra, força e determinação; umas das muitas características das mulheres Nordestinas. Íntegra, resiliente, uma lenda do esporte feminino, que marcou e defendeu um futuro para que tantas outras formigas pudessem viver livres sua paixão pelo futebol”, afirmou parlamentar, no documento. 



Ele destacou que, em sua carreira vitoriosa, Formiga conquistou diversos títulos. A futebolista brasileira foi duas vezes vice-campeã olímpica e uma vez vice-campeã mundial de futebol feminino. Foram muitos anos com a camisa verde-amarela. Ela vivenciou mudanças, quebras de paradigmas e foi fundamental para uma mudança de olhar do país para o futebol disputado entre mulheres. Volante, ela ganhou seu primeiro título com a seleção nos Jogos Pan-Americanos de 2003 (Santo Domingo). 


Formiga nasceu no dia 3 de março de 1978, no município de Salvador, Bahia. Aos 12 anos, iniciou oficialmente no esporte. Começou no futsal. Passou para o futebol em seguida e logo foi revelação do Campeonato Baiano, jogando nos gramados do Estádio de Periperi. Aos 15 anos, foi revelação do Brasileiro, o que levou à sua precoce convocação à Seleção. Chegou à seleção principal aos 16 anos e, desde então, não saiu mais. 


Esteve em todas as edições do torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos (a modalidade entrou em 1996). Depois de Atenas 2004, saiu do Santa Isabel de Minas Gerais e passou a jogar no Malmö FF Dam da Suécia. Jogou no América de Natal. Em 2011, foi contratada pelo São José, onde liderou a equipe para bicampeonatos da Copa Libertadores de Futebol Feminino e da Copa do Brasil. Aos 38 anos, foi anunciada como jogadora do Paris Saint-Germain. 


De acordo com Bobô, Formiga também alcançou o feito de ser a futebolista, entre masculino e feminino, com maior número de jogos pela seleção brasileira. Participou de seis Copas do Mundo: 1995, 1999, 2003, 2007, 2011 e 2015. São 233 partidas, 7 Olimpíadas, 2 medalhas de prata, 7 mundiais e 3 títulos de campeã em Jogos Pan-americanos. “São 26 anos vestindo a camisa da Seleção Feminina Brasileira, provando, afirmando e reafirmando a sua paixão pelo futebol”.  


“Formiga é uma referência de superação, por ser mulher, negra, pobre e nordestina. Ultrapassou as barreiras do preconceito, lutou pelo espaço do futebol feminino, deixando um legado exorbitante para o esporte brasileiro”, concluiu Bobô. 



Compartilhar: