Segunda-feira , 24 de Janeiro de 2022

MÍDIA CENTER

Rosemberg aplaude os 30 anos da Universidade Estadual de Santa Cruz

Publicado em: 03/12/2021 15:06
Editoria: Notícia

Deputado Rosemberg Pinto (PT)
Foto: Arquivo/ASCOM

“Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda”. Com esta mensagem do educador Paulo Freire, o deputado Rosemberg Pinto (PT) inseriu, na ata dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), uma moção de aplausos à Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), que completa neste domingo (5), 30 anos de Estadualização. O parlamentar afirma que nessas três décadas de existência, a instituição superior, localizada entre os municípios de Ilhéus e Itabuna, no sul da Bahia, tornou-se um respeitado centro de pesquisa, exibindo um excelente índice de produtividade científica. 

O líder do Governo na ALBA explica que, antes da estadualização, a instituição contava com nove cursos de graduação e um de pós-graduação. Hoje, a Uesc oferece 33 cursos de graduação presencial e cinco na modalidade de ensino a distância, além de 50 cursos em nível de pós-graduação, sendo 17 especializações, 25 mestrados e oito doutorados. 

De acordo com o petista, a principal missão da Uesc é fortalecer a identidade regional, analisando, refletindo, pesquisando e contribuindo com o progresso da região. A universidade se faz presente, através de serviços prestados junto à comunidade interna e externa, com centenas de programas e ações, que ao longo da história alcançaram mais de 3,5 milhões de pessoas, em todos os municípios da região cacaueira.

Instalada na comunidade do Salobrinho, à margem da rodovia Jorge Amado (BR-415), a Uesc assumiu o papel de principal laboratório para o desenvolvimento regional, numa área de influência geoeducacional composta por 74 municípios, com 55.838 km² e uma população estimada em 2.171.409 habitantes. 

Segundo o parlamentar, a Universidade Estadual de Santa Cruz tem sido uma referência na área da pesquisa. Atualmente são 147 laboratórios e equipamentos de ponta nas mais diversas áreas do saber, além de apoio a projetos de pesquisa desde a iniciação científica até a pós-graduação. O legislador lembra que a instituição superior já teve milhares de artigos científicos publicados e patentes registradas, com pesquisadores que se destacam no cenário científico mundial pela qualidade e quantidade de suas produções e participações em comunidades científicas, bem como diversos prêmios acumulados em congressos e concursos.

Para o autor da moção, a Uesc participa ativamente no processo de desenvolvimento socioeconômico e cultural do sul da Bahia, cria ambiente para a geração direta e indireta de milhares de empregos e contribui no debate de questões econômicas, de formulação de políticas públicas e de incentivo ao empreendedorismo. E sempre potencializa a mão de obra especializada para participar da vida da sociedade e apontar soluções para as questões essenciais da região. Neste ponto, frisa o deputado, o fortalecimento da educação está na agenda dos cursos da Uesc, que formam professores e pedagogos. 

Por essas características, assegura Rosemberg, a Uesc consolidou sua influência no cenário nacional e já acolhe estudantes dos 26 estados e do Distrito Federal, tendo convênios de cooperação científica com 37 instituições de ensino de 19 países, além do intercâmbio internacional de estudantes e professores. 

“Tudo isso é fruto do reconhecimento ao trabalho responsável e de qualidade realizado na instituição. O desempenho da comunidade acadêmica no ensino, na pesquisa e na extensão, nessas três décadas, fez a Uesc alcançar uma posição de excelência junto ao Ministério da Educação e a rankings internacionais, em uma escala ascendente”, comemora o legislador, informando ainda que um levantamento feito este ano pelo THE (Times Higher Education), classificou a Uesc como a segunda instituição de ensino superior mais importante no cenário da Bahia, ocupando o 87º (octogésimo sétimo) lugar entre as universidades latino-americanas. “É com imensa satisfação que saúdo os servidores, alunos e todo corpo acadêmico da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), pelos 30 anos e, sobretudo, pelo compromisso com a educação e com o desenvolvimento do nosso Estado. Viva a Uesc!”, finalizou Rosemberg Pinto.



Compartilhar: