Segunda-feira , 23 de Maio de 2022

MÍDIA CENTER

Hilton Coelho quer reedição de livro sobre história da Ilha de Itaparica

Publicado em: 05/01/2022 17:05
Editoria: Notícia

Deputado Hilton Coelho (Psol)
Foto: AscomALBA/Agência-ALBA
O deputado Hilton Coelho (Psol) apresentou, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), indicação para que o Governo do Estado promova a reedição do livro “A Ilha de Itaparica: história e tradição”, de autoria do avô do escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, Ubaldo Osório Pimentel. No documento, endereçado ao governador Rui Costa, ele pede que o Executivo determine à Fundação Pedro Calmon a nova remessa do livro e sua distribuição para as escolas públicas situadas na Ilha de Itaparica e região.


“Ubaldo Osório, por ter nascido em Itaparica ainda no século XIX, em 16 de maio de 1883, teve a oportunidade de encontrar e conhecer pessoas que foram testemunhas de fatos históricos importantíssimos”, afirma o parlamentar, exaltando a obra do autor, que, além de escritor, foi historiador e político. Segundo o psolista, o escritor trata o registro de sua terra natal com “extremo interesse, cuidado e amor, buscando inclusive dados alheios ao próprio território da Ilha, para contextualizar as coisas que aconteceram no território”.


De acordo com Hilton Coelho, o livro é fundamental para que se conheça com detalhes a história de Itaparica e de Vera Cruz e contribui, muito, não só para o território insular, mas também para a História do Brasil. A ilha, na época do nascimento e na maior parte da vida do autor – anota o deputado – era todo o território insular, ao qual foi acrescido, em 1901, o território da cidade de Salinas da Margarida.


“Poucas cidades do Brasil tem um livro tão substancial sobre o seu lugar. É o único livro que conta a história da Ilha de Itaparica através de um itaparicano. Uma fonte para muitos historiadores e historiadoras que estudam a Ilha, a história da Independência do Brasil na Bahia, como a Batalha de Itaparica, sobre os heróis de Itaparica, escravidão na Ilha de Itaparica, movimentos culturais, pesca, mariscagem, sobre o início dos navios a vapor, a caça das baleias. Uma obra de grande importância, que espero seja reeditada o mais breve possível”, afirmou o deputado.




Compartilhar: