Quinta-feira , 27 de Janeiro de 2022

MÍDIA CENTER

Olívia quer garantir investimento no Campus da Ufba em Camaçari

Publicado em: 15/01/2022 06:18
Editoria: Notícia

Deputada Olívia Santana (PC do B)
Foto: Arquivo/ASCOM

A deputada Olívia Santana (PC do B) protocolou, na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), uma indicação endereçada ao governador Rui Costa solicitando providências a fim de garantir os investimentos para a construção do novo campus da Universidade Federal da Bahia em Camaçari – Campus Carlos Marighella.

Segundo a parlamentar, “a construção do novo campus da Ufba em Camaçari é uma necessidade estratégia, tendo em vista a formação científica e tecnológica de profissionais numa área ainda carente de quadros qualificados para as demandas crescentes do mercado, bem como para o desenvolvimento econômico da Bahia”.

Ela explica que o campus em Camaçari terá condições de abrigar um espaço que, em sua plenitude, terá 2.500 alunos, com os cursos de Bacharelado Interdisciplinar de Ciência e Tecnologia, Engenharias de Produção, Elétrica e Mecânica, contribuindo para que Camaçari se consolide como uma nova cidade-universitária na Bahia.

A estimativa de valor para a construção dos prédios no campus é de R$ 83 milhões. Este valor, segundo Olívia, estaria dividido em R$ 48 milhões, para as estruturas dos Bacharelados Interdisciplinares referentes aos pavilhões de aulas, bibliotecas, de práticas esportivas, urbanização, infraestrutura (água, energia, iluminação, internet, drenagem, esgoto), unidades administrativas e as sedes dos Bis, e outros R$ 35 milhões para estruturas de Cursos de Progressão Linear, referente às graduações de engenharia, pós-graduações, laboratórios de pesquisas.

A legisladora conta que a Ufba iniciou as atividades de seu campus em Camaçari em 2018, com o curso Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia. Segundo consta do documento apresentado por ela, as instalações atuais, na Cidade do Saber, cedidas gentilmente pela prefeitura do município, são insuficientes para dar continuidade às atividades. A limitação impossibilita o recebimento de mais alunos até para o curso já em funcionamento, além de inviabilizar os três novos.

De acordo com a deputada comunista, a prefeitura de Camaçari prepara um projeto de lei para cessão de um terreno de 89 mil metros quadrados para a Ufba, no Parque do Capivara, e a parte de pessoal, professores e técnicos, já está atendida com os servidores já concursados ou alocados no campus.

Por fim, Olívia sugere que os valores para construção do campus poderiam vir de um percentual de 4% ou 5% dos recursos de compensação pela retirada da linha de produção da Ford na Bahia ou de recursos dos precatórios, que devem atingir R$ 750 milhões na fase de recebimento dos recursos do Fundeb e Fundef.



Compartilhar: