Quinta-feira , 27 de Janeiro de 2022

MÍDIA CENTER

Muniz aplaude o empresário do setor de energia renovável Rafael Cavalcanti

Publicado em: 15/01/2022 06:24
Editoria: Notícia

Deputado Junior Muniz (PP)
Foto: Arquivo/ASCOM

O deputado Junior Muniz (PP) apresentou, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), uma moção de aplausos ao doutor Rafael Cavalcanti pelos relevantes serviços prestados ao meio ambiente e ao setor de energias renováveis no Brasil, especialmente no estado. O parlamentar explica, no documento, que o homenageado, além de advogado, empresário e mestre em regulação da indústria da energia, contribuiu significativamente para que a Bahia fosse líder no ranking da geração acumulada de energia renováveis.

“O estado vem se mantendo líder na geração de energias renováveis nas fontes eólica e solar, o que lhe concedeu a primeira posição do ranking nacional, cujo trabalho desenvolvido tem atraído investimentos e contribuído na consolidação de resultados”, afirmou Muniz.

Para ele, “além dos investimentos realizados pelo jovem empresário homenageado, através de cinco projetos desenvolvidos pela empresa Quinto Energy, os quais movimentarão mais de R$ 27 bilhões, a força, a velocidade dos ventos e a incidência do sol nas regiões do Sertão do São Francisco, do Sertão Produtivo, da Bacia do Rio Corrente e do Velho Chico têm papel determinante para o desenvolvimento energético Baiano”.

O legislador acrescenta que esses investimentos terão capacidade para abastecer, com energia renovável, mais de 18,7 milhões de residências populares, além de evitar a emissão 20,7 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera.

“Assim, é justo reconhecer, por meio da presente moção, o papel de doutor Rafael Cavalcanti, vez que escolheu o estado da Bahia para desenvolver seus projetos de complexos híbridos de energia eólica e solar através da companhia Quinto Energy. Todos, além de ser desenvolvidos em larga escala energética, estão entre os maiores do país”, concluiu o deputado, pedindo que seja dado conhecimento da moção ao homenageado, ao governador do Estado, ao secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica.



Compartilhar: