MÍDIA CENTER

Luciano Simões Filho se congratula com Itiúba

Publicado em: 17/01/2022 17:53
Editoria: Notícia

O deputado Luciano Simões Filho (DEM) parabenizou a cidade de Itiúba pela passagem de seu aniversário de 86 anos, nesta segunda-feira (17). Na moção de aplausos, protocolada na Assembleia Legislativa da Bahia, o parlamentar informa que o município homenageado era primitivamente habitado pelos Índios Cariacás. No documento, o democrata faz um extenso relato sobre a luta do povo pela emancipação política.



O povoamento do território, integrante da sesmaria de Garcia D’Ávila, iniciou-se no final do século XVII por pioneiros procedentes de Inhambupe, Alagoinhas e Cachoeira. Formou-se a povoação de “São Gonçalo do Amarante da Serra de Itiúba”. Transformada depois em julgado, foi anexada a Senhor do Bonfim da Tapera, em 1697. Em 1868, escreve o deputado, elevou-se o julgado de São Gonçalo do Amarante da Serra de Itiúba à freguesia, subordinada ao município de Vila Nova da Rainha, atual Senhor do Bonfim.



Em 1884, a freguesia foi anexada ao recém-criado município de Vila Bela de Santo Antônio das Queimadas. Em 1860, outro núcleo populacional surgia na fazenda Salgada, originando a atual cidade de Itiúba. Para o local foram transferidos os elementos administrativos, judiciários e religiosos de São Gonçalo do Amarante da Serra de Itiúba. O povoado recebeu a denominação de Itiúba, em 1882. Segundo Luciano Simões Filho, criou-se a freguesia, em 1884. O topônimo é adoção do nome da serra, localizada a 6 km da cidade. De acordo com os historiadores é uma corruptela do vocábulo tupi “tu-yba”, que significa “abelha dourada”. Os nativos de Itiúba são chamados itiubenses.



O legislador destacou que o distrito foi criado com a denominação de Itiúba pela Resolução Provincial nº 1005, de 16 de março de 1868, subordinado ao município de Queimadas. Em divisão administrativa, referente ao ano de 1911, o distrito de Itiúba figura no município de Queimadas. Elevado à categoria de município com a denominação de Itiúba, pelo Decreto nº 9322, de 17 de janeiro de 1935, desmembrando-se de Queimadas. “Itiúba é uma cidade de um povo trabalhador e hospitaleiro, que merece a minha gratidão e respeito”, finalizou o democrata.



Compartilhar: