Quinta-feira , 30 de Junho de 2022

MÍDIA CENTER

Luciano Simões Filho parabeniza os moradores de Filadélfia

Publicado em: 09/05/2022 15:15
Editoria: Notícia

Deputado Luciano Simões Filho (União Brasil)
Foto: AscomALBA/AgênciaALBA
O deputado Luciano Simões Filho (União Brasil) parabenizou os moradores de Filadélfia pela passagem do aniversário de 37 anos de emancipação política do município nesta segunda-feira (09). Na moção apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o parlamentar contou que a cidade homenageada foi primitivamente habitada pelos índios Cariris, conforme objetos arqueológicos encontrados e fatos históricos narrados.



Conta-se que o lendário cangaceiro Lampião, muitas vezes, utilizou a região como trilha nas suas visitas ao estado de Sergipe, passando por Queimadas e Euclides da Cunha, quando “arranchava-se” em fazendas, às margens do Rio do Aipim, que era passagem para a então emergente Belo Monte (Canudos).



O parlamentar conta que a região ficou conhecida como Várzea do Curral, em razão do grande número de várzeas e da existência dos currais do pioneiro e histórico fazendeiro Alvino Pereira Maia - homem conhecido por sua bondade e espírito de luta, e sobre quem muitas histórias são contadas.



O pequeno arraial, que por muito tempo pertenceu ao território de Campo Formoso, foi crescendo e aos poucos transformou-se em povoado, passando a chamar-se Filadélfia, palavra grega que significa “irmãos que se amam”.



Segundo Luciano Filho, em 1951 foi eleito José Passos de Oliveira, o primeiro vereador da localidade que se integrava ao município de Pindobaçu, elegendo posteriormente vários outros representantes.



“Filadélfia criava sua própria identidade. Torna-se polo produtor de feijão da região e com a luta de seus filhos, que ansiavam pela emancipação do município, e sob o comando de Manelinho, através do deputado estadual João Emílio foi apresentado à Assembleia Legislativa da Bahia o Projeto de Lei nº 4.960, de 23 de maio de 1979, que criava o município”, pontuou o parlamentar, no documento.



Segundo ele, a emancipação política só foi alcançada no dia 9 de maio de 1985, sendo o município desmembrado de Pindobaçu, no então governo de João Durval Carneiro, consagrando-se a grande vitória do povo filadelfense. “Parabenizo o povo guerreiro, hospitaleiro e trabalhador da cidade de Filadélfia”, finalizou Luciano Simões Filho.


Compartilhar: