Quinta-feira , 30 de Junho de 2022

MÍDIA CENTER

Ivana Bastos parabeniza Mucugê pelo 175º aniversário de fundação

Publicado em: 18/05/2022 15:28
Editoria: Notícia

Deputada Ivana Bastos (PSD)
Foto: AscomALBA/AgênciaALBA
A passagem dos 175 anos de emancipação política de Mucugê, comemorados na terça-feira (17), foi lembrada pela deputada Ivana Bastos (PSD) em moção de aplausos apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). No documento, a parlamentar conta um pouco da história do município da Chapada Diamantina, que foi desmembrado de Minas do Rio de Contas (atual Rio de Contas), com o topônimo de Santa Isabel do Paraguaçu.



“A região de Mucugê, que desde o início do século XIX era parcialmente ocupada por fazendeiros que mantinham criação de gado, foi a primeira a atrair os exploradores das jazidas de pedras preciosas, por volta de 1822. Segundo registros históricos, o primeiro diamante da região foi encontrado em 25 de junho de 1844 por Cristiano Pereira do Nascimento, afilhado de José Pereira do Prado, mais conhecido como Cazuza do Prado, um grande coronel da região. A pedra teria sido acidentalmente achada no leito do riacho das Cumbucas enquanto Cristiano lavava as mãos”, conta Ivana.



Segundo ela, a partir de 1871, a importância econômica da vila começou a decair, como aconteceu com outros centros diamantíferos no fim do século XVIII, devido à concorrência dos diamantes da África do Sul. Com o fim da extração de diamantes, desenvolveram-se as lavouras de cana, cereais, algodão e café e a criação de gado. Uma nova fonte de recursos para a população foi também a coleta e exportação de sempre-viva, flor típica da região e muito valorizada no mercado.




Em 1890, a Vila de Santa Isabel do Paraguaçu é elevada à condição de cidade, sob o nome de São João do Paraguaçu. Em 1917, o topônimo do município é alterado para Mucugê.




No aspecto econômico, de acordo com Ivana, o município vem se lastreando em duas frentes principais: a produção de hortifrutigranjeiros irrigados e o turismo. Ultimamente, está em fase inicial a produção de uvas e vinhos, com boas perspectivas de se consolidar nesse mercado, poderoso gerador de emprego e renda. Destaca-se ainda a produção de café especial para exportação.



“O turismo, por sua vez, tem cada vez mais se consolidado como uma base econômica importante e que já está inserido entre as principais variáveis de desenvolvimento regional. Não podemos deixar de externar a beleza de seus rios, cachoeiras e trilhas cada vez mais visitadas e sustentavelmente explorados”, diz Ivana, acrescentando que a cidade abriga, também, a sede do Parque Municipal de Mucugê (Projeto Sempre Viva).



“O nosso mandato tem relevantes trabalhos prestados naquele município. São diversas obras de pavimentação de ruas na sede e na zona rural, quadras poliesportivas, ligações de energia em núcleo rural, perfuração e extensão de rede de abastecimento de água, ambulâncias, ônibus escolares e tantos outros benefícios que tivemos a possibilidade de intermediar e efetivar”, cita a legisladora.



“Recentemente, conseguimos a construção de um novo colégio estadual, numa parceria com o governador Rui Costa, que revolucionará o sistema educacional no município. Demonstrando com isso que continuaremos na luta por mais obras e benefícios que melhorarão, sobretudo, a vida dos que mais precisam”, acrescentou ela.



Por fim, Ivana Bastos reafirma a disposição em continuar lutando pelo município de Mucugê, o qual considera ser “de gente trabalhadora e hospitaleira”. “É com orgulho e satisfação que registramos mais um aniversário deste que é um dos mais importantes municípios baianos”, concluiu.



Compartilhar: