Quinta-feira , 30 de Junho de 2022

MÍDIA CENTER

Dom João Nilton dos Santos Souza será homenageado nesta sexta-feira no Legislativo

Publicado em: 19/05/2022 22:10
Editoria: Notícia

Proponente da honraria deputado Dal (PP)
Foto: AscomALBA/AgênciaALBA
A Assembleia Legislativa da Bahia concede, nesta sexta-feira (20), no Plenário Orlando Spinola, em sessão especial, a Comenda 2 de Julho ao bispo emérito da Diocese de Amargosa, Dom João Nilton dos Santos Souza. De iniciativa do deputado Dal (PP), a Comenda é a mais alta condecoração entregue pela Casa Legislativa e é dedicada a cidadãos e cidadãs que prestam serviços relevantes a Bahia ou aos baianos.



Dom João Nilton dos Santos Souza nasceu em Amargosa, em 2 de setembro de 1943, filho de Abílio Vitorino de Souza e Juvelina dos Santos Souza. Cursou Filosofia no Seminário Central de Salvador (BA), Licenciatura em Filosofia na Faculdade Dom Bosco de Filosofia e Ciências em São João Del-Rei-MG e Teologia, na Universidade Católica de Salvador. Foi ordenado presbítero em 20 de dezembro de 1969, recebendo a provisão de Vigário cooperador da Paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho de Amargosa.




Em 6 de agosto de 1986 foi nomeado Bispo Coadjutor da Diocese de Bom Jesus da Lapa-BA e em 9 de novembro de 1986 foi sagrado bispo diante de uma multidão na Praça do Bosque em Amargosa, pelas mãos de Dom Alair Vilar Fernandes de Melo, Dom Florêncio Sisínio Vieira (Bispo emérito de Amargosa) e Dom José Nicomedes Grossi (Bispo de Bom Jesus da Lapa). Para sua nova missão como bispo escolheu o lema “Faça-se a tua vontade” (Fiat voluntas tua). Em 31 de agosto de 1988, o papa João Paulo II o transfere para a Diocese de Amargosa aonde foi bispo por 27 anos, sendo o terceiro bispo diocesano da história da Igreja local.





Compartilhar: