MÍDIA CENTER

Fabíola Mansur lamenta morte de defensor público

Publicado em: 20/06/2022 14:07
Editoria: Notícia

Deputada Fabíola Mansur (PSB)
Foto: AscomALBA/AgênciaALBA
A deputada Fabíola Mansur (PSB) apresentou moção de pesar pela morte do defensor público Antônio Raul Borges Palmeira, ocorrido no dia 14 de junho deste ano. Palmeira morreu em Salvador, aos 66 anos de idade.


“Que sua chegada no outro plano tenha sido tão gloriosa como suas brilhantes sustentações no tribunal do júri. Quero deixar registrado para sempre nos anais desta Casa Legislativa minha homenagem a esse cidadão incrível, que partiu cedo demais, mas deixou seu legado na Defensoria Pública  da Bahia e muita saudade no coração das pessoas que tiveram o privilégio da sua convivência. Siga em paz e na luz, bravíssimo Raul Palmeira”, disse Fabíola.



Raul Palmeira atuava na Instância Superior, junto ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Segundo a deputada, Raul se dedicou de corpo, alma e coração à prestação de assistência jurídica aos mais vulneráveis por mais de 30 anos. Ele foi empossado como defensor no ano de 1986, quando foi nomeado titular da vara distrital de Itapagipe.


Em 1991, foi nomeado titular da segunda vara do Júri, em Salvador, onde atuou por 20 anos e acumulou mais de mil participações em júris memoráveis. Em 2011, por merecimento, foi promovido para a última classe da carreira.


Raul Palmeira também ocupou atividades administrativas, como coordenador de Assistência Jurídica, subcoordenador do Núcleo da Defensoria Pública e defensor público geral. Foi duas vezes membro do Conselho Superior da Defensoria e, nas duas, eleito como o mais votado.



Em 2017, Raul Palmeira foi designado para atuar em Brasília junto aos Tribunais Superiores. Em 2013, recebeu a Medalha de Honra ao Mérito Defensorial pela contribuição à instituição no desempenho de suas atividades e, em 2021, o defensor público recebeu a premiação Luiz Gama.



“Foi uma grande perda para a Defensoria Pública da Bahia, para seus tutelados, sua família e para seus amigos. Grande Defensor Público que soube honrar sua classe. Cidadão íntegro, autêntico, transparente, corajoso e leal. Cumpriu com honra e louvor sua missão”, concluiu a deputada. 



Compartilhar: