Quarta-feira , 08 de Dezembro de 2021

MÍDIA CENTER

Riachão do Jacuípe e Aporá são homenageados

Publicado em: 18/08/2005 09:56
Editoria: Diário Oficial

Paulo Azi associa-se à população dos dois municípios nos festejos de mais um aniversário
Foto: null

Os municípios de Riachão do Jacuípe e Aporá foram homenageados pelo líder do governo e da maioria, deputado Paulo Azi (PFL), pela passagem dos aniversários de emancipação política. Riachão do Jacuípe completou 77 anos de emancipada e Aporá, 47 anos. A homenagem foi prestada através de moções de congratulação inseridas na ata dos trabalhos da Assembléia legislativa.

Na avaliação do deputado, as cidades traduzem o sentimento das pessoas que nelas vivem e, principalmente, daquelas que ajudaram a construí-las. Neste sentido, argumenta em sua moção, Riachão do Jacuípe foi abençoado, "já que de seu seio podemos destacar inúmeros filhos que ajudaram a criar, desenvolver, enfim, construir o município, prestando seus serviços nas mais diversas áreas. A luta desses homens por um município melhor fez toda a diferença entre o Riachão do Jacuípe de ontem e o que ele é hoje."

Entre os seus filhos ilustres, Paulo Azi aponta João de Oliveira Campos, médico humanitário, prefeito por três mandatos e fundador do Hospital Regional João Campos, que hoje é mantido pela Liga Jacuipense de Proteção à Maternidade e à Infância. Destacou também o saudoso deputado Eliel Martins: "Incansável, lutou pelo desenvolvimento da região, sendo um dos responsáveis pela implantação do Sistema de Abastecimento da Adutora do Sisal, pela implantação do Banco do Brasil na cidade, pela elevação da cidade à comarca de 3a Entrância, além de um número admirável de obras por todo Riachão."

Citou também o médico Gildásio Oliveira Souza, em cuja gestão como prefeito foi implantado o Parque de Exposições Agropecuárias Hermes de Queiroz; o seu grande amigo e ex-prefeito Valfredo de Matos, "que tão cedo nos deixou, mas, com seu jeito carismático, arrojado e principalmente apaixonado por sua terra, realizou grandes obras, dentre as quais podemos destacar a construção do Estádio Eliel Martins, a construção da avenida do mesmo nome que atualmente pode ser considerada uma das mais bonitas e arborizadas da região, a construção do Hospital Municipal, que muito vem contribuindo para melhoria da saúde dos munícipes, e a construção do centro administrativo, congregando toda a administração pública em um só local".

Outros nomes ilustres de Riachão do Jacuípe foram citados por Paulo Azi em sua homenagem: o cineasta Olney Alberto São Paulo, o médico Manuel dos Santos Mascarenhas, a professora Maria Dagmar de Miranda e o jornalista José Raimundo. O líder governista, em sua moção, invoca São Francisco de Assis: "Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível." Paulo Azi diz ter certeza que este foi o espírito que imbuiu os grandes homens acima citados a realizar suas grandes obras. "Tenho certeza que a população de Riachão do Jacuípe buscará sempre em sua história inspiração para fazer um futuro melhor", finaliza.

CIDADE HOSPITALEIRA

Em sua homenagem a Aporá, Paulo Azi destacou que o município, distante 186 Km da capital, possui cerca de 17 mil habitantes e, apesar de tão jovem, já se destaca pelos rebanhos de bovinos, eqüinos e suínos. "O povo de Aporá é alegre e hospitaleiro e a cidade manifesta sua cultura através de eventos populares, destacando-se as festas de Reis, São José, São João ? que neste ano foi um dos mais animados por iniciativa do atual prefeito Ivonei Raimundo dos Santos ? o aniversário da cidade, a festa do vaqueiro, a festa do Sagrado Coração de Jesus e a festa de Nossa Senhora da Conceição.

A despeito de ser alegre e festeiro, o povo de Aporá é bastante trabalhador, assegura o líder governista, ressaltando que a Prefeitura Municipal, através de seu atual gestor, vem buscando criar maiores oportunidades para toda a população, dispensando especial atenção ao desenvolvimento da zona rural e à geração de emprego e renda através da atração de empresas, investindo ainda de forma maciça em educação e saúde.



Compartilhar: